Estudar de sua casa

A A A

Preparar os relatórios

 


INSTRUÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DE RELATÓRIOS DE AVALIAÇÃO:          

Por favor, se tiver alguma dúvida, consulte-nos.

O seu programa consiste em estudar todos os textos prescritos na sua folha de controle acadêmico e redigir relatórios em português sobre todos os textos, seguindo as instruções que se anexam. Por vezes, alguns dos textos constituem material de apoio e não se exige a realização de relatórios sobre os mesmos. Neste caso, na folha de controle acadêmico serão especificadas as particularidades exigidas.

Unidade de Avaliação = Relatório
As avaliações consistem em redigir relatórios.
De forma bem parecida ao que ocorre na vida profissional.

A realização dos relatórios deve cumprir um formato estrito, em relação à quantidade mínima e máxima de páginas, apresentação e conteúdo. As instruções e requisitos para a elaboração de relatórios não são um capricho, nem são discutíveis. Obedecem um cuidadoso plano pedagógico estabelecido pelo BIU Distance Learning System para maximizar a capacidade de aprendizagem, e facilitar a avaliação de  trabalhos acadêmicos.


  • ESTRUTURA DO RELATORIO: 

Os relatórios devem ter um mínimo de 20 páginas e um máximo de 35, elaboradas da seguinte maneira:

I. Índice de conceitos.
O estudante deve extrair da leitura do livro correspondente uma lista dos conceitos principais ou idéias-chave da matéria. Estas idéias devem ser categorizadas em um índice de conceitos de entre 2 e 5 páginas.

II. Resumo analítico.
Deve ser redatado um bom resumo de entre 15 e 25 páginas, seguindo a organização e a hierarquia estabelecida no índice de conceitos.

III. Caso prático.
O estudante deve analisar criticamente de um a três casos de aplicação prática dos conhecimentos lidos no texto. É possível optar por selecionar um caso complexo, que considere vários aspectos da matéria, ou centrar-se em três exemplos simples. A BIU anima os estudantes a realizarem esta análise prática com base, não apenas nos princípios expostos no livro, e sim em seu próprio critério. Como, por exemplo, com conclusões pessoais argumentadas, ou com a aplicação de aspectos da matéria estudada à sua profissão. Esta seção deve ter de 5 a 10 páginas de extensão.

RELATÓRIO FINAL - UNIDADE DE AVALIAÇÃO
O estudante deve remeter para sua avaliação final um relatório de 20 a 35 páginas, que deve integrar de forma harmônica as seções descritas previamente: o índice de conceitos, o resumo e o caso prático. É possível que seja necessário refazer o relatório, para que se ajuste aos requisitos de formato e número de páginas, para melhorar o estilo e dar-lhe mais fluidez.


  • FORMATO DO RELATORIO:  


Apresentação:
Cada relatório será redigido em português, a menos que a BIU autorize o contrário, em papel ofício, de um só lado, datilografado ou manuscrito com letra clara e legível, e será obrigatoriamente encabeçado com a seguinte informação: nome completo do estudante, especialidade, título do livro a que corresponde o relatório e a data. Também deve acrescentar a sua assinatura debaixo do seguinte juramento: “Pela presente juro que sou o único autor do presente relatório e que o seu conteúdo é consequência do meu trabalho e investigação acadêmica”.

Primeiras páginas:
Em seguida deve ser colocado um índice do conteúdo ou dos conceitos-chave que serão expostos ao longo das páginas seguintes. Este índice ocupará de uma a três páginas.

Desenvolvimento:
A extensão obrigatória do relatório será de no mínimo 20 páginas e de no máximo 35 páginas. Exceder estes limites pode acarretar a reprovação do relatório por deficiência de formato. A extensão não é uma exigência sem sentido, já que nos obriga a processar a informação do texto dentro de limites adequados. Isto permite que em certas ocasiões depois de resumir tenhamos que resumir outra vez, e que depois de sintetizar tenhamos que mais uma vez desenvolver o conteúdo para adaptar-nos aos limites impostos. Este processo irá fixar os conhecimentos de maneira definitiva em nossas mentes, sem uma necessidade excessiva de memorizar. Este é um dos pontos chaves da aprendizagem na BIU.


  • CONTEÚDO DO RELATORIO:


O relatório é uma síntese de cada livro estudado. O estudante pode acrescentar seus comentários e interpretações pessoais tanto a favor como contra os conteúdos. Também pode fazer referências a casos práticos e a experiências em que tenha aplicado ou podería ter aplicado os conceitos do livro. Ao longo desta exposição deve ficar claro o seu nível de assimilação e entendimento. O relatório deve sempre ser redigido, e serão valorizadas as contribuições pessoais ao conteúdo do livro. As fórmulas, problemas e exercícios poderão ser incluidos de forma complementar à redação. Pode-se dividir a redação em capítulos ou em partes para uma melhor exposição do conteúdo, mas não será admitido um esquema como base do relatório. O índice de conceitos ou de conteúdo das primeiras páginas será o único esquema aceito no relatório.

A delegação  realiza uma revisão  rápida para determinar se o seu trabalho cumpre o formato exigido. Depois é remetido ao comitê acadêmico para a avaliação  do conteúdo, o que pode demorar de um a dois meses. Será informado se foi aprovado ou não através da folha de controle acadêmico. A nota final aparece no transcript. No caso de não ser aprovado deverá repetir o seu trabalho ou apresentar outro diferente. Será sempre explicado o porquê e o que deve melhorar.

Envie o informe pelo correio ou pelo e-mail no formato PDF. Certifique-se  de que o informe cumpra o formato que especificamos, ou este não será aceito pela universidade e deverá ser repetido até que cumpra tais especificações.

 

Testemunhos

Graduações

Professores

Escritórios